Dicas E Artigos

Frutas Que Engordam, Será Mesmo Verdade?

Descubra tudo que precisa saber sobre frutas e o que você deve fazer para escolher as melhores porções

Descubra tudo que precisa saber sobre frutas e o que você deve fazer para escolher as melhores porções

 

As frutas estão diretamente relacionadas a um o estilo de vida mais saudável. Geralmente, a primeira coisa que fazemos quando desejamos entrar em um processo de reeducação alimentar é ir até a feira e comprar produtos naturais e fresquinhos.

O que você costuma levar em conta na hora de fazer esse tipo de compra? Será que existem frutas que engordam? 

 

Benefícios das frutas para a saúde

 

De modo geral, as frutas, além de serem saborosas, são ricas em vitaminas e minerais. Elas possuem fibras alimentares classificadas em solúveis e insolúveis, as quais são fundamentais para regular o trânsito intestinal.

Além disso, elas são compostas de antioxidantes, de acordo com sua natureza e classificação. Isso significa que elas reduzem significativamente o estresse oxidativo do organismo, auxiliando na prevenção de diversas doenças e fortalecendo a imunidade.

 

Posso ingerir frutas à vontade?

 

Apesar desses alimentos trazerem inúmeros benefícios à nossa saúde, o consumo diário deve estar relacionado às nossas necessidades nutricionais. A recomendação é ingerir de 3 a 5 porções por dia e alternar entre cítricas, vermelhas, entre outras.

Assim como qualquer alimento, as frutas não podem ser consumidas indiscriminadamente. Em sua composição há a presença da frutose, açúcar natural que, se consumido em excesso, pode prejudicar, por exemplo, o funcionamento do intestino.

Além disso, dependendo das frutas, o número de calorias pode ser maior do que o necessário, principalmente se você está passando por um processo de reeducação alimentar. Por isso, o ideal é conhecer os aspectos nutricionais de cada uma delas.

Lembre-se de que o objetivo do programa Vigilantes do Peso não é restringir alimentos, mas te auxiliar a escolher os mais adequados para seu perfil e necessidades. E isso inclui a seleção das frutas mais indicadas.

 

Quais são as frutas menos calóricas?

 

A TACO (Tabela Brasileira de Composição de Alimentos) foi elaborada por uma equipe de pesquisadores da Unicamp em parceria com a SBAN (Sociedade Brasileira de Alimentação. 

De acordo com essa tabela, dentre as frutas menos calóricas, temos as seguintes:

Melão (29 calorias) Essa fruta de textura suculenta e sabor suave é rica em fibras que auxiliam no trânsito intestinal. Ela possui propriedades antioxidantes e vitaminas do complexo B, essenciais para a renovação celular e funcionamento do sistema neurológico. 

Morango (30 calorias) Ele é rico em antocianina, composto que é capaz de combater o envelhecimento precoce e ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Essa mesma substância facilita o funcionamento do pâncreas e regula a produção de insulina.

Melancia (33 calorias) Além de ser uma ótima opção para os dias quentes, graças à sua concentração de água, a melancia é rica em licopeno. Essa substância ajuda a fortalecer o sistema imunológico. A fruta possui citrulina, substância com ação diurética que ajuda a regular a pressão arterial.

Pêssego (36 calorias) Além de conter fibras de boa qualidade, ele é rico em flavonóides, substâncias com ação anti-inflamatória. O pêssego também possui vitamina A, excelente antioxidante. 

Tangerina (38 calorias) Também conhecida como ponkan, essa fruta conta com ótima fonte de vitamina C, que fortalece o sistema imunológico e protege o organismo de várias doenças respiratórias.  Ela é uma ótima aliada no processo de cicatrização. 

As calorias de cada fruta apresentada foram calculadas com base em uma porção de 100 gramas. 

 

Quais são as frutas mais calóricas?

 

De acordo com a tabela TACO, as seguintes frutas são consideradas mais calóricas: 

Banana (112 calorias) Ela é uma ótima fonte de potássio, substância que contribui para a saúde dos músculos, evitando episódios de câimbras. A banana também ajuda na eliminação do LDL, colesterol ruim. 

Atemoia (97 calorias) Possui uma quantidade significativa de antioxidantes e substâncias anti-inflamatórias que fortalecem o sistema imunológico e previnem a artrite.

Abacate (96 calorias) Seu alto teor de ácido graxo equivale ao azeite de oliva. O abacate em si não engorda se ingerido na porção adequada e sem acompanhamentos, como mel e açúcar. Ele ajuda a regular colesterol ruim, conhecido como LDL. 

Jaca (88 calorias) Os veganos utilizam essa fruta em recheios de coxinhas, tortas, sanduíches, entre outros alimentos. A jaca é rica em fibras que equilibram a flora intestinal. 

Manga Palmer (72 calorias) Sua coloração amarela indica que ela conta com doses significativas de provitamina A, substância que se transforma em vitamina A depois de ingerida. Essa vitamina é fundamental para a renovação celular. 

Lembre-se de que as calorias mencionadas equivalem a uma porção de 100 gramas.    

 

Qual fruta deve fazer parte do meu programa de reeducação alimentar?

 

Como você percebeu, as frutas não são as vilãs do processo de emagrecimento saudável. Muitas pessoas acabam não consumindo determinadas espécies por acreditarem que elas engordam, mas não é bem isso que acontece com nosso organismo.

De acordo com o que compartilhamos nos tópicos anteriores, existem frutas mais ou menos calóricas. Diante disso, o consumo diário vai depender do seu objetivo e das suas necessidades nutricionais.

Com os programas criados pelo Vigilantes do Peso, você vai aprender a selecionar melhor as porções. Dessa forma, você conseguirá incluir em seu cardápio alimentos que possuem quantidades significativas de vitaminas e calorias adequadas. 

Lembre-se de que o objetivo não é se privar, por exemplo, de comer um guacamole, prato mexicano à base de abacate, cebola, tomate e pimenta. O importante é saber encaixar as calorias desse alimento ao seu cronograma diário.

O Vigilantes do Peso oferece programas personalizados e que se adequam à sua rotina. Para nós, cada passo que você der rumo ao seu objetivo de estilo de vida saudável é uma grande conquista.