Bem-Estar

8 dicas para ter a sala de estar ideal

Sua casa reflete sua vida. Veja pequenas mudanças que você pode fazer para deixar seu dia a dia melhor. 

 

Se você tende a comer enquanto assiste à TV ou usa o computador, estará menos consciente do seu nível de satisfação e com maior probabilidade de exagerar. A solução: interrompa a conexão entre visualização e lanches. Como? Simplesmente use essas dicas e organização da sua área de lazer para substituir hábitos não tão saudáveis por uma rotina mais equilibrada.

 

  1. Deixe um espaço livre no centro da sala para que você possa fazer alongamentos e séries de exercícios enquanto assiste aos seus programas favoritos.
  2. Mude o lugar do seu sofá ou poltrona para que seja mais favorável de interagir ou jogar jogos com familiares e amigos. E, enquanto desfruta dessas atividades, mantenha a TV desligada e deixe qualquer alimento na cozinha. Foque na experiência e diversão.
  3. Levante-se e mexa-se mais durante os comerciais. Faça agachamentos, pranchas, caminhe de um cômodo a outro — escolha suas maneiras favoritas de se mexer. Desafie-se a introduzir mais repetições em cada intervalo.
  4. Se sentir vontade de beliscar quando está relaxando no sofá, beba um chá de ervas ou água aromatizada. Ou mantenha frutas e legumes cortados por perto e opte por snacks saudáveis.
  5. Faça com que os afazeres diários voem: fique de pé e dobre suas roupas enquanto assiste ao seu programa de TV favorito.
  6. Guarde suportes e bandejas que tornam a alimentação inconsciente muito conveniente. Se não houver lugar para uma embalagem de biscoito ou copo de refrigerante por perto, você estará menos propenso a atacar guloseimas.
  7. Alguns de nós mantêm uma tigela com aperitivos, doces e outras coisas gostosas à vista. Acabe com esse hábito! Mantenha doces, amendoins e bebidas alcóolicas escondidos. 
  8. Cuidado com os cheiros que provocam gatilhos. Você já sentiu o cheiro de uma vela de “bolo de aniversário” e de repente sentiu vontade de comer algo doce? Isso não é coincidência. O desejo por certos alimentos tem tudo a ver com o aroma.