Dicas E Artigos

Como diferenciar os sintomas de resfriado, gripe, alergia e o vírus Covid-19

Está se sentindo mal? Mantenha a calma e confira esse guia com alguns sintomas comuns.

 

Nas últimas semanas, parece que qualquer espirro faz as pessoas pesquisarem seus sintomas na internet. Afinal, como podemos determinar se estamos lidando com um resfriado comum ou algo mais assustador? Primeiro passo: não entre em pânico. Em seguida, use este guia com dicas do Dr. Neil Schachter, Diretor Médico do Departamento de Cuidados Respiratórios do Centro Médico Mount Sinai, em Nova York e autor do Guia do Bom Doutor para Resfriados e Gripes. 

(IMPORTANTE: é sempre mais seguro consultar um médico do que tentar um autodiagnóstico.)

 

Sintomas: coriza, dor de cabeça e dor de garganta
Você pode ter: Resfriado 

Os sintomas do resfriado comum são principalmente do "pescoço para cima". Você também pode estar com espirros, tosse, nariz encatarrado e olhos lacrimejantes. Agradável? Nem um pouco, mas o vírus geralmente tem vida curta. No entanto, se o resfriado durar mais de uma semana ou se os sintomas forem graves, consulte seu médico. Você pode estar com a garganta inflamada (o que pode exigir antibióticos) ou seu resfriado pode ter se transformado em uma infecção sinusal. 

 

Como tratar um resfriado:

Um analgésico com acetaminofeno ou ibuprofeno pode aliviar sua dor de cabeça; um gargarejo com água salgada pode acalmar uma dor de garganta e um descongestionante de farmácia ajuda a limpar o congestionamento. 

‘Remédios’ caseiros também podem ajudar na sua recuperação. Descansar adequadamente, beber bastante líquido, usar um umidificador e respirar o vapor de um banho quente podem te ajudar a se sentir melhor. O que você definitivamente não deve tomar: antibióticos. Eles são ineficazes contra o vírus do resfriado.

 

Como evitar resfriados:

Lave as mãos regularmente e com cuidado (por pelo menos 20 segundos) e evite tocar seu rosto. Também é inteligente evitar o contato próximo com pessoas doentes.

 

Seus sintomas: dores no corpo, calafrios e tosse no peito
Você pode ter: Gripe

Ao contrário do resfriado, os sintomas da gripe podem te afetar abaixo do pescoço. "Além disso, se você contrair a gripe, também poderá ter febre alta (39ºC) e sentir-se extremamente cansado", diz Schachter.

 

Como tratar a gripe:

Como os sintomas para resfriado e gripe são idênticos, os mesmos remédios vendidos sem receita mencionados acima - incluindo repouso e muito líquido - podem aliviar dores de cabeça, congestão e muito mais. Embora o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) afirme que a maioria das pessoas não precisará de medicamentos antivirais, se você estiver extremamente doente ou em um grupo de alto risco (como aqueles com asma, diabetes ou doença cardíaca), seu médico pode prescrever um medicamento antiviral. Isso pode reduzir a duração da doença e reduzir o risco de complicações.

Se você tiver sintomas semelhantes aos da gripe, fique em casa. O CDC recomenda que você não saia em público até pelo menos 24 horas após a febre ter diminuído. 

 

Como evitar a gripe:

Sua primeira linha de defesa é a vacina contra influenza, que pode reduzir o risco de contrair a gripe em até 60%, de acordo com o CDC. Você também deve tomar as mesmas precauções para evitar o resfriado comum, como lavar as mãos com frequência e manter distância de pessoas doentes. 

 

Seus sintomas: coceira no nariz e nos olhos, espirros, coriza e nariz entupido
Você pode ter: Rinite alérgica

É fácil confundir a rinite com o resfriado comum, mas uma diferença importante é como os sintomas ocorrem de repente. Alergias parecem surgir do nada, mas um resfriado se forma lentamente, levando um ou dois dias para se desenvolver. A coceira também é um indicador de que você está lidando com alergias, não um resfriado.

 

Como tratar alergias sazonais: 

Os sprays nasais prescritos têm como alvo a inflamação nasal, ajudando a tratar um nariz escorrendo e com coceira. Se isso não funcionar, você pode adicionar um anti-histamínico , que funciona melhor quando você o utiliza antes de entrar em contato com alérgenos sazonais; portanto, planeje administrar os cuidados algumas semanas antes de começar a fungar. Depois que os sintomas começam, você também pode usar medicamentos descongestionantes para aliviar o desconforto.

Está cansado de lidar com a rinite alérgica? Considere a imunoterapia, que expõe gradualmente o sistema imunológico a pequenas doses de alérgenos para aumentar a imunidade. Algumas pessoas podem experimentar o alívio completo após concluir a sessão de vacinas contra alergias, de acordo com a Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia.

 

Como evitar alergias sazonais:

A menos que você tenha completado o tratamento com imunoterapia, talvez não consiga se esquivar completamente, mas limitar sua exposição ao pólen pode reduzir a gravidade de seus sintomas. A contagem de pólen é mais alta em dias secos e com muito vento, portanto, evite ficar ao ar livre o máximo possível quando a previsão for esta.

Além disso, mantenha janelas e portas fechadas durante a estação das alergias e evite ambientes fechados. Também é uma boa idéia tomar um banho e lavar o cabelo antes de dormir, para que você não respire alérgenos durante a noite. Mas nada de dormir com os fios molhados! 

 

Seus sintomas: Febre, tosse e falta de ar
Você pode ter: Doença de coronavírus 2019 ou COVID-19

O vírus, que foi detectado pela primeira vez na China, já se espalhou para quase 90 locais, incluindo o Brasil. Algumas pessoas com COVID-19 relatam sintomas muito leves - ou não - mas o vírus pode ser mortal em populações de alto risco, ou seja, idosos e pessoas com problemas de saúde subjacentes, como doenças cardíacas, pulmonares e diabetes, de acordo com o CDC. Pode levar de dois a 14 dias, após a exposição ao vírus, para que os sintomas se desenvolvam, e é por isso que é importante entrar em contato com seu médico se você acha que foi exposto ao vírus.

 

Como tratar o coronavírus: 

Se você tiver algum sintoma de COVID-19, que é fácil de confundir com a gripe, ou acredita que pode ter sido exposto ao vírus, entre em contato com seu médico. Se você for testado e diagnosticado com coronavírus, ele pode ajudar a determinar o melhor tratamento para você. Como o vírus se espalha facilmente, o CDC recomenda que os pacientes se coloquem em quarentena - seja em casa ou em um hospital - até a recuperação total.  

Atualmente, não existem vacinas ou remédios que previnam ou tratem o coronavírus, e a FDA (Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA) divulgou recentemente um aviso alertando os consumidores a desconfiarem de lojas e sites que vendem tratamentos COVID-19 fraudulentos. "Os produtos que pretendem curar, tratar, diagnosticar ou prevenir doenças, mas que não são comprovadamente seguros e eficazes para esses fins, enganam os consumidores e podem colocá-los em risco de danos graves", escreve o FDA.  

 

Como evitar o coronavírus: 

As mesmas regras para evitar gripes e resfriados se aplicam ao corona: lave as mãos regularmente e por pelo menos 20 segundos. Não tem pia ou sabonete por perto? Use um álcool em gel que contenha pelo menos 70% de álcool (verifique o rótulo). O CDC não recomenda o uso de máscaras faciais para prevenir o coronavírus - elas devem ser usadas apenas por pessoas que já possuem o vírus (para ajudar a impedir a propagação de germes) ou por médicos, enfermeiras e outros profissionais de saúde.

Ainda não tem certeza se está lidando com um resfriado ou outra coisa? Entre em contato com seu médico para obter alguns conselhos e - não podemos deixar de enfatizar o suficiente! - lavem as mãos!

 

Fonte: https://www.weightwatchers.com/us/blog/health/cold-flu-allergy-virus-symptoms