Dicas E Artigos

Artigos

Diga sim para o que você adora comer! Aqui, você pode.

O ritmo do emagrecimento
Você está tentando emagrecer para melhorar a saúde e não para comprometê-la, certo? Então, avalie o ritmo do seu emagrecimento. Perder peso rápido demais pode ser prejudicial.

“Devagar se vai ao longe na trajetória de emagrecimento.” Talvez não seja isso o que você esteja querendo ouvir, especialmente se já estiver seguindo o programa há algum tempo e continua emagrecendo aos poucos, mas saiba que perder peso rápido demais não faz bem à saúde e pode dificultar a manutenção do emagrecimento a longo prazo.

Ainda não se convenceu?

Riscos à saúde

Perder mais do que 1 kg por semana (depois das três primeiras semanas, período em que o excesso de água é eliminado) pode desencadear problemas de saúde, como arritmias cardíacas, anemia, perda de massa corporal magra (músculos), constipação e formação de cálculos biliares.

Mais problemas

A redução calórica exagerada, especialmente por meio de dietas imediatistas que restringem certos grupos alimentares, pode reduzir o metabolismo. O seu corpo se torna mais eficiente, requisitando menos calorias para desempenhar as funções diárias necessárias para a sobrevivência, e isso pode provocar queda no ritmo de emagrecimento. Há quem corte ainda mais calorias na tentativa de voltar a emagrecer. O resultado pode ser inverso ao esperado, dando início a um círculo vicioso nada saudável.

Por quê? Se você não come o suficiente, o seu corpo não obtém as calorias e nutrientes de que precisa. Além disso, reduzir drasticamente o número de calorias ingeridas pode desencadear períodos de compulsão alimentar, que podem fazer com que você ganhe peso e sinta que seus esforços foram em vão. E mais, você não aprende a comer de forma saudável e é provável que não consiga seguir o plano por muito tempo.

Benefícios do emagrecimento gradativo

O programa do Vigilantes do Peso ensina a fazer escolhas mais inteligentes (de alimentos e atividades físicas) sem que você precise abrir mão do que mais gosta. Você desenvolve hábitos saudáveis e conta com ferramentas e apoio para seguir em frente quando passa por um platô ou ganha peso. Essa ampla abordagem, baseada em 4 Elementos do Sucesso, é exclusiva do Vigilantes do Peso. Quanto mais preparado você estiver, mais chances terá de manter a meta de peso a vida inteira.

Se você está amamentando...

Antes de iniciar qualquer programa de emagrecimento, consulte o seu médico. Normalmente é recomendado às lactantes que esperem de seis a oito meses após o parto, porque o corpo precisa de tempo para se recuperar e estimular a produção de leite. Lactantes precisam de 500 calorias extras por dia para produzir a quantidade de leite adequada. A quantidade de proteínas também precisa aumentar de 46 para 71 gramas (o equivalente a três porções de alimentos ricos em proteínas) por dia para ajudar a preservar a massa muscular magra necessária à produção do leite.

Segundo o American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG), um emagrecimento de 500 g por semana durante a amamentação é seguro e não tem efeitos negativos no desenvolvimento do bebê. Para as novas mamães que não estão amamentando, recomenda-se a perda de 500g−1kg por semana.

Durante a amamentação, fazer escolhas alimentares inteligentes e comer uma grande variedade de alimentos saudáveis é ainda mais importante para garantir as quantidades adequadas de vitaminas e minerais no leite materno.

Por que a minha meta de peso precisa estar na faixa de peso saudável?

Pesquisas revelaram que tanto os pesos inferiores quanto os superiores à faixa saudável aumentam os riscos de doenças cardíacas. Um peso abaixo do recomendado pode indicar distúrbios alimentares ou desnutrição, que comprometem o sistema imunológico, aumentando o risco de desenvolvimento de todo tipo de doenças, incluindo as respiratórias, do aparelho digestivo, cânceres e osteoporose. O risco de quedas e fraturas também aumenta.