Dicas E Artigos

Artigos

Diga sim para o que você adora comer! Aqui, você pode.

Mexa-se, mãe! Mexa-se mais!
Procurando um programa diferente para fazer com sua mãe? Que tal um plano de atividades físicas?

Você já deve saber que encontrar companhia para se exercitar é a melhor estratégia para não desistir. E se essa companhia for a sua mãe?

 
Você pode até achar estranho — “Minha mãe? É brincadeira, não é?” —, mas, na verdade, pesquisas revelam que fazer exercícios com a mãe traz vários benefícios.
 
Em um estudo realizado e publicado recentemente nos Estados Unidos, mães e filhas participaram de três sessões semanais de exercícios orientados por um instrutor ao longo de doze semanas. “Descobrimos que mãe e filha ofereciam forte apoio uma à outra, o que fazia uma diferença enorme a longo prazo no que diz respeito à manutenção da rotina de exercícios”, explica a Dr.ª Lynda Ransdell, uma das pesquisadoras. “Elas incentivavam umas às outras a continuar praticando a atividade física e as melhoras na saúde foram significativas quanto à flexibilidade, ao desempenho cardiovascular e ao tônus muscular.”
 
Um momento para vocês
 
“É uma ótima maneira de passarem algum tempo juntas”, diz a Dr.ª Jacqueline Hornor Plumez, outra pesquisadora. Se você tem problemas de relacionamento com sua mãe, saiba que os exercícios podem ser mais prazerosos do que uma tarde de silêncio na cafeteria. “Os exercícios dão a vocês algo sobre o que falar que não tem nada a ver com seus problemas”, explica Plumez.
 
A Dr.ª Paula Caplan, que também fez parte da equipe de pesquisa, concorda: “É importante encontrar novos interesses em comum em vez de ficar remoendo aquele Natal horroroso de quando você tinha 12 anos”, e acrescenta: “Quando você pratica atividades físicas, geralmente se sente melhor emocionalmente, e isso também ajuda a melhorar o relacionamento”.
 
Explorem novos territórios juntas
 
Que tal se aventurar e descobrir um novo esporte? Experimentem atividades recreativas que não sejam tradicionais, como golfe ou parede de escalada. “Precisa ser divertido”, diz Ransdell. “Façam o que gostam e não o que a sociedade manda. Façam algo para se sentirem vivas.”
 
Matriculem-se em aulas de ioga ou pilates (algumas academias têm planos familiares). Façam aulas de tênis no clube. Independentemente do que escolherem, as atividades vão fazer com que se mexam mais e caminhem rumo a uma saúde melhor. Como bônus, vocês ainda motivam uma à outra, o que só tem a contribuir para o relacionamento de vocês.