Dicas e Artigos

Descubra a ligação entre emagrecimento, saúde e bem-estar. Aprenda a viver melhor!

Jejum
É considerado jejum o período de 6 horas em que um indivíduo não ingere alimentos. O jejum prolongado é caracterizado pelo período de 72 horas.

jejum

Apesar de muitas pessoas praticarem o jejum, seja por motivos culturais, religiosos ou simplesmente para emagrecer, essa prática não é saudável. Ficar longos períodos sem comer é prejudicial à saúde. A principal fonte de energia do corpo é a glicose. Apesar de existirem outras formas de se obter energia, alguns órgãos vitais, como o cérebro, utilizam preferencialmente a glicose para desempenhar suas funções normalmente. Quando se está em jejum, as reservas energéticas são mobilizadas para manter os níveis de glicose no sangue. À medida que essas reservas são utilizadas, o organismo busca outras formas de obter energia por meio da degradação de proteínas (presentes em músculos e órgãos) e do tecido adiposo. Então, quando se está em jejum, apesar de o tecido adiposo ser utilizado, há também uma perda considerável de proteínas do músculo (diminuição da massa muscular). Como consequência da prática do jejum, são observados: perda de massa muscular, sensação de fraqueza, anemia, baixa da imunidade, perda da consciência e desmaios. Mesmo durante uma noite de sono (em média, 6 horas), nosso corpo consome energia. Essa energia é proveniente da última refeição e também das reservas energéticas obtidas durante o dia. Ao acordar, portanto, precisamos de energia para começar nossas atividades diárias. Quais seriam os melhores alimentos? Pães e cereais integrais: são fontes de carboidrato, que é a principal fonte de energia. Além disso, contêm fibras, que auxiliam no trânsito intestinal, aumentam a saciedade e permitem que essa energia seja utilizada aos poucos. Frutas: também são fontes de energia (devido ao açúcar naturalmente presente nelas), fibras, vitaminas e minerais, que são importantes para o bom funcionamento de todo o organismo. Leite e derivados 0% gordura: fontes de proteínas e de cálcio, que é fundamental para a saúde óssea.