Dicas E Artigos

Artigos

Descubra a ligação entre emagrecimento, saúde e bem-estar. Aprenda a viver melhor!

Divirtam-se em família e mexam-se mais!
A televisão e o videogame são fortes adversários da atividade física. Experimente nossas dicas para impulsionar as atividades físicas e tirar seus filhos do sofá e de casa.

Façam exercícios juntos
As crianças adoram brincar com os pais. Caminhem juntos no parque, joguem frisbee, soltem pipa ou joguem futebol. Acima de tudo, lembrem-se de que será mais fácil manter a prática de um exercício de que vocês gostem. Deixe que as crianças o acompanharem enquanto você joga bola, caminha, nada ou anda de bicicleta. Como elas gostam de ajudar, defina para elas objetivos concretos, como montar um kart ou organizar seu próprio time. Essas atividades não apenas irão mantê-las em movimento, mas também dará a elas a sensação de realização.    

Façam da atividade física uma rotina
Em vez de tentar incluir “tempo de exercícios de qualidade” em sua programação familiar (que podem “brigar” com outras prioridades), inclua movimento em suas atividades diárias. Se a mesada de seus filhos está relacionada à realização de tarefas, dê preferência às mais ativas (levar o cachorro para passear, lavar as janelas ou o carro, varrer as folhas do quintal ou fazer entregas).

Mexam-se mais nos passeios
Até mesmo aqueles passeios mais tranquilos, como visitas a museus podem incluir exercício físicos. Aproveite os espaços livres para deixar as crianças se movimentarem. Elas querem ir ao cinema? Que tal ir a pé? Está chovendo? Escolha atividades mais ativas, como boliche, ou aumente o volume do radio e organize um concurso de dança, estátua ou um campeonato de dança das cadeiras.

Escolham atividades simples
Você não precisa ter uma garagem cheia de equipamentos esportivos para se divertir. Quanto mais elaborada a atividade, maior as chances de distração. As crianças vão se divertir mais com atividades com a bola (futebol, queimada e basquete, por exemplo), corda (para pular), giz (amarelinha) ou nada nas mãos (carniça, esconde-esconde e cabra-cega).

Não chateie as crianças
Não há nada mais fácil para afastar as crianças das atividades do que ficar resmungando ou realçando os benefícios dos exercícios. Na verdade, nem o tipo de atividades praticadas nem os benefícios do exercício importam, desde que as crianças mantenham o hábito de Mexer-se Mais. O sucesso está em dar preferência a opções mais ativas, reduzindo o tempo dedicado às mais passivas, como jogos de computador.

Desligue a televisão
Segundo uma pesquisa publicada no Journal of the American Medical Association, basta que as crianças assistam menos TV para emagrecer. A Academia Americana de Pediatria (American Academy of Pediatrics – AAP) recomenda que o tempo deva ser limitado a duas horas diárias de “programação de qualidade”, em contraste com a média atual de mais de quatro horas diárias, que vão somar quase 12 anos na frente da telinha quando nossos filhos tiverem 70 anos de idade!

Assistir televisão não só reduz a prática de atividades mais ativas, mas também aumenta a exposição aos comerciais. Antes mesmo de terminar o Ensino Médio, algumas crianças e adolescentes terão visto, em média, 360.000. Muitos deles, de salgadinhos gordurosos, que reforçam hábitos pouco saudáveis.

Mexam-se Mais com segurança
Muitos pais, com medo de pessoas estranhas e ruas movimentadas, são tentados a manter seus filhos na segurança de suas casas. Esse tipo de atitude, porém, incentiva o sedentarismo e encoraja perigos diferentes: a falta de exercício está associada aos problemas de saúde graves na vida adulta, como obesidade, diabetes, problemas cardiovasculares e osteoporose.
Se você quer proteger seus filhos, vá com eles à pracinha ou parque e supervisione as atividades. Dê especial atenção às potencialmente arriscadas, como a natação. Não é sempre que você tem tempo para supervisionar a brincadeira? Confira as atividades oferecidas nos parques infantis e colônias de férias.