Histórias de sucesso

Na primeira reunião eu decidi que seria vitalícia

Lúcia Maria

Nome: Lúcia Maria
Idade: 63 anos
Altura: 1.70
Pesava: 107,3
Eliminou: 43,4
Peso atual: 63,9
Quando aderiu ao Vigilantes do Peso: 08/10/2012
Qual era a sua meta de peso: 71
Quando atingiu a sua meta de peso: 22/07/2013

 

Quando minhas roupas, manequim 52 começaram a apresentar sinais de que estavam apertadas, percebi que era hora de mudar o estilo de vida. A princípio, dividi com minhas irmãs e minha filha a angústia que sentia. Foram elas que me convenceram a ir a uma reunião do Vigilantes do Peso. Elas já eram associadas e me falavam maravilhas a respeito. Cheguei na reunião desanimada, sem acreditar que pudesse realmente emagrecer. Mas algo aconteceu dentro daquela sala que saí com a força que me faltava e a certeza que conseguiria.

De cara adorei o programa e o incentivo que recebi desde o primeiro dia por parte de minha orientadora Geldra foi essencial. Lembro-me desse dia como se fosse hoje. Aliás, me pergunto porque não procurei o Vigilantes do Peso há vinte anos atrás. Tudo teria sido mais fácil. Emagrecer sozinha é impossível e eu tentei por anos sem conseguir. Só engordava mais.

 

Novo Estilo de Vida

Logo de início percebi que precisaria mudar o estilo de vida. Deveria obedecer ao horário das refeições e dar preferência aos alimentos plenos. Com o tempo, acabei me acostumando com as porções. Passei a comer coisas que não comia, como frutas e legumes. Hoje me questiono como conseguia me alimentar daquele jeito. Eliminei frituras e outros alimentos muito calóricos. Talvez seja porque sempre almocei fora de casa, mas até nisso o programa te ajuda, ele se adapta muito bem. Passei a comer devagar, ter cuidado com as porções e principalmente a fazer o jornal pessoal.

Reuniões

Preciso destacar a importância das reuniões. Elas são importantíssimas. Ajudam a não perder o foco e dão força para seguir em frente. São fundamentais durante todo o processo de emagrecimento. Desde a primeira reunião decidi que seria vitalícia. Por essa razão, nunca faltei a uma sequer. Assisto até hoje.

Sempre contei com o apoio da família e dos amigos, mas minha orientadora Geldra e minha filha nunca me deixaram esmorecer. Lembro do primeiro sucesso que obtive, alcancei o manequim 48. Foi um sonho realizado! Hoje sou eu quem influencia a família. Até os magros só querem saber de alimentos saudáveis.

Saúde

Hoje me sinto muito melhor. Posso escolher minhas roupas, ando com facilidade e tenho as taxas de colesterol e triglicerídeos normais. Me adaptei a pratica de atividades físicas, coisa que nunca gostei. Aprendi nas reuniões que o importante era se mexer, não podia era ficar parado. Então comecei a caminhar, abandonei o carro e passei a fazer tudo a pé. Hoje acho ótimo caminhar, carro só mesmo quando é muito necessário.

Jornal Pessoal

O Jornal Pessoal foi fundamental para mim. Sem ele ficaria muito difícil, anotava todos os dias. Gostei tanto que faço até hoje. Como prefiro escrever, usei mais essa ferramenta que o aplicativo. Com ele conseguia controlar os pontos usados, os alimentos saudáveis e os não saudáveis que comia, entender a razão de perder pouco ou muito na semana. Fazendo  o jornal pessoal ficou mais fácil mudar meus hábitos e manter uma alimentação saudável.