Dicas E Artigos

Artigos

Descubra a ligação entre emagrecimento, saúde e bem-estar. Aprenda a viver melhor!

Superando o platô com exercícios
Um bom caminho para sair do platô é aumentar a intensidade ou a duração da atividade física que você pratica.

Intensificar a atividade física que você pratica pode ajudá-lo a sair do platô, pois os exercícios queimam calorias e reduzem a perda de massa magra durante o processo de emagrecimento.1Exercícios aeróbicos, como caminhadas rápidas e bicicleta, queimam bastante calorias, e exercícios de resistência aumentam a massa muscular, o que aumenta o gasto de energia do corpo e ajuda a acelerar o metabolismo.2


É comum o platô acontecer em grande parte devido à retenção de líquidos, consequência geralmente de um consumo elevado de sódio ou de inchaço pré-menstrual. Soma-se a isso o fato de que, segundo sugerem algumas pesquisas, a obesidade aumenta o volume de líquido no corpo, e esse desequilíbrio não se normaliza após o emagrecimento3 (lembrando, porém, que essa regulação interna varia consideravelmente de pessoa para pessoa).

Já foi observado que beber mais água e intensificar a prática de atividade física reduz a retenção de líquidos e ajuda a encerrar um platô, mas ainda faltam evidências científicas para que se afirme isso com certeza.


Alteração no ritmo
Mantidas a intensidade e a duração do treino, o corpo, com o tempo, se adapta à rotina de exercícios, sejam estes aeróbicos ou de resistência. Os órgãos que transportam o oxigênio — entre eles pulmões, coração, músculos e vasos sanguíneos — passam, progressivamente, a trabalhar de forma mais eficiente e com menos esforço.4

Por exemplo, os pulmões absorvem e soltam mais ar a cada vez que respiramos, de forma que ficamos menos ofegantes; o coração bombeia mais sangue a cada batida, o que diminui a frequência cardíaca; o sangue é mais bem distribuído pelos músculos. Como consequência, gastamos menos energia durante a atividade física, o que pode reduzir a velocidade de emagrecimento ou mesmo nos fazer estagnar, levando assim a um platô.


Aumentar a duração ou a intensidade da atividade física que você pratica deverá aumentar o gasto de calorias. Outra boa possibilidade é passar a praticar outro tipo de exercício, ou mesmo alternar entre diferentes atividades, para evitar que os músculos se acostumem demais aos mesmos movimentos.

Referências

1 Rippe JM, Hess S. The role of physical activity in the prevention and management of obesity. Journal of the American Dietetic Association. Out. 1998; 98(10 Sup. 2):S31-8.
2 Hunter GR, Weinsier RL, Bamman MM, Larson DE. A role for high intensity exercise on energy balance and weight control. International Journal Obesity Related Metabolic Disorders. Jun. 1998; 22(6):489-93.
3 Marken Lichtenbelt WD, Fogelholm M. Increased extracellular water compartment, relative to intracellular water compartment, after weight reduction. Journal of Applied Physiology. Jul. 1999; 87(1):294-8.
4 Wackers, FJ. “Exercise”. In: Zaret BL, Moser M, Cohen LS (orgs.). Yale University School of Medicine Heart Book. Nova York: Hearst Books, 1992 (cap. 7, p. 87-88).