Dicas E Artigos

Artigos

Descubra a ligação entre emagrecimento, saúde e bem-estar. Aprenda a viver melhor!

Que tal uma sobremesa refrescante?
É verão, e a variedade de opções geladas no mercado é enorme; por isso, é muito importante que você saiba diferenciá-las. Afinal, quanto mais informações você tiver, melhor para o seu planejamento.

Este breve guia vai ajudá-lo a fazer escolhas conscientes.

Escolhendo o seu favorito:

Verifique sempre as informações nutricionais (principalmente gorduras saturadas, gorduras trans e açúcares). Essas informações é que vão ajudar você a chegar ao gelado ideal para o seu momento: seja como uma opção leve para o fim da tarde ou como uma guloseima cremosa que você está desejando faz tempo; mas saboreie com moderação.

Para ajudar ainda mais, não custa lembrar que os ingredientes listados no rótulo estão em ordem decrescente — do de maior quantidade para o de menor quantidade.

Sobre o freezer:

Não deixe o sorvete derreter e congelar repetidas vezes. É dessa forma que se formam cristais de gelos sobre ele, fazendo com que perca a cremosidade.

Coloque o sorvete sempre na parte central; nunca na porta — isso evita o processo descrito acima, já que a variação de temperatura nesse local é muito grande.

Mantenha a tampa do pote sempre bem fechada e nunca o coloque perto de outros alimentos que não estejam cobertos, pois os odores podem penetrar facilmente.

Sobre os tipos de gelados:

Sorvetes, sherbets, frozen iogurte, raspadinha e sorbets. Você sabe o que está comendo?

Sorvetes cremosos

São, basicamente, uma mistura de leite e creme de leite (e/ou outros derivados de leite) com açúcar, ovos (em alguns casos) ou emulsificantes, frutas ou ainda outros produtos alimentares que melhoram o sabor e a textura. São batidos lentamente, fazendo com que a mistura incorpore ar, o que evita a formação de cristais de gelo muito grandes, deixando a textura cremosa. Normalmente, são a opção com maior teor de gordura.

Frozen iogurte

São feitos com pelo menos 70% de leite fermentado (pela adição de micro-organismos ou de iogurte) e podem ou não ter adição de outros alimentos, como açúcar, frutas, cacau etc. Pode apostar que a versão natural, sem açúcar e semtoppings, será sempre a opção mais leve. 

Gelados tipo raspadinha

Não possuem leite na composição e são basicamente feitos com uma mistura de água e açúcares. Podem ou não conter polpas, sucos ou pedaços de frutas. Esse tipo de gelado possui pouquíssima quantidade de gordura, mas elevada quantidade de açúcar, o que exige moderação no seu consumo.

Gelados de frutas ou Sorbets

São, provavelmente, a opção refrescante mais fit que você vai encontrar por aí. Não levam leite e têm como principais ingredientes uma mistura de polpas, sucos ou pedaços de frutas com água. Apesar de também terem adição de açúcar e consistência semelhante às raspadinhas, o teor de açúcar dos sorbets é normalmente menor, e o teor de sólidos é maior devido à máxima presença de fruta, sucos ou polpas, o que são pontos positivos.

Sherbets

São feitos de leite e creme de leite (e/ou outros derivados lácteos) com outros ingredientes baixos em gorduras e proteínas (como frutas, por exemplo). Digamos que é uma versão mais leve do que os sorvetes cremosos. Ponto para os sherbets!

 

E aí, já escolheu como vai se refrescar nesse calor?