Dicas E Artigos

O que comer no restaurante quando se está de dieta?

A alimentação fora de casa pode ser um desafio na reeducação alimentar. Afinal, como comer saudável no restaurante com tantas opções?

 

Uma das grandes questões para quem está em processo de emagrecimento certamente é: o que comer no restaurante quando se está de dieta? E não estamos falando, claro, das dietas da moda que aparecem por aí. A pergunta, nesse caso, se refere a como optar por refeições saudáveis fora de casa durante o processo de reeducação alimentar, que é tão importante para trazer de volta a saúde e o equilíbrio do organismo.

 

Comer em casa e preparar a própria comida é a dupla perfeita quando falamos em mudanças positivas na alimentação. Dessa forma é possível escolher como preparar, optando sempre pelos ingredientes mais saudáveis. Mas se privar de estar em lugares por conta da nova rotina alimentar não é o caminho mais adequado, certo? Afinal, o convívio com as pessoas queridas e a liberdade de escolha são também maneiras de cuidar da saúde mental e ter uma vida mais plena! 

 

Além disso, por conta da correria diária de trabalho, estudo e outros compromissos, muitas pessoas acabam não tendo tempo de cozinhar diariamente e levar consigo a própria comida. Por este motivo acabam optando pelo self-service, por exemplo. Nesses casos, a escolha de um bom restaurante, que utilize alimentos frescos, é a melhor alternativa. 

 

Como comer saudável no restaurante?

 

prato branco em cima de uma mesa rústica com legumes e folhas, uma taça e velas ao lado

Confraternizações, happy hour, comemorações, aniversários e até mesmo um simples almoço com os colegas de trabalho. Não faltam ocasiões para celebrar na mesa do restaurante, com fartura de comida e bebida. Mas como comer saudável no restaurante, na lanchonete ou no bar? Existem segredos e dicas que te ajudam muito a fazer as escolhas certas nesses momentos. Reunimos alguns para você! 

 

Dica 1: Não saia de casa de barriga vazia.

 

Uma dica é não chegar com fome. Planeje-se para fazer um lanche leve antes de sair de casa. Se for jantar fora, ao longo do dia busque consumir alimentos ricos em fibras que ajudam na sensação de saciedade. Quando tomamos decisões com fome, temos mais chances de escolher alimentos ricos em açúcar ou gordura.

 

Dica 2: Não foque em restrições.

 

Reeducação alimentar não é sobre proibir alimentos, muito pelo contrário! É, sim, o caminho ideal para que o indivíduo aprenda a comer de forma mais saudável e nutritiva. Dietas que proíbem ou restringem alimentos, além de não fazerem bem ao organismo, podem acabar desencadeando a compulsão alimentar e o efeito sanfona. Portanto, seguindo o plano alimentar ideal para seu metabolismo e estilo de vida, tudo é permitido, desde que seja com moderação e prudência. 

 

Dica 3:  Cuidado com os acompanhamentos.

 

Decidiu comer um cheeseburguer? Então fique de olho nos acompanhamentos. Juntar o lanche a uma porção de batatas fritas e um copo de milk shake ou refrigerante resultará em muitas calorias com gorduras, excesso de açúcares e carboidratos. A princípio essa combinação pode ser muito atraente, mas pode não ser uma boa escolha para um cardápio equilibrado. 

 

Dica 4: Faça escolhas saudáveis sem abrir mão do sabor.

 

Não há necessidade em recusar convites para festas ou para um happy hour por conta do processo de reeducação alimentar. Vá, divirta-se e aproveite a ocasião para colocar em prática o que aprendeu. O local do evento é um rodízio de pizza? Escolha sabores menos gordurosos, evite as bordas recheadas e coma com consciência, sem exageros. A mesa do bar foi a escolhida para a celebração? Que tal trocar a clássica porção de mandioca frita pela versão cozida? Com escolhas mais saudáveis é possível aproveitar bons momentos sem abrir mão do sabor. 

 

Dica 5: Se atente ao tamanho das porções.

 

Todos os amigos da mesa pediram porções avantajadas de batata frita para acompanhar o papo? Tudo bem. Porém, em vez de comer automaticamente e acabar ingerindo grandes quantidades do alimento, separe apenas uma pequena porção em um pratinho individual e deguste calmamente, sem pressa. Você não deixará de provar o que todos estão comendo, porém fará isso de uma forma mais consciente. 

 

Dica 6: Prefira as saladas.

 

Nos buffets e restaurantes self-service a ordem dos alimentos se inicia pelas saladas. Portanto, aproveite adequadamente essa parte, colorindo o prato com bastante variedade de folhas e legumes. Além de serem mais saudáveis, estes alimentos dão saciedade. A dica é reservar metade do prato para as saladas e a outra metade para o restante dos alimentos. 

 

Dica 7: Não exagere na sobremesa.

 

Depois de uma refeição agradável é hora de partir para a sobremesa, certo? Planeje-se para esse momento. Não pegue mais de uma opção, foque no que realmente você gosta e tem vontade no momento. Prefira as sobremesas que tenham frutas. Pegue um pedaço ou fatia pequenos, geralmente são o suficiente para matar a vontade. Ou divida a porção com um amigo. 

 

Dica 8: Ponto para os grelhados.

 

Sempre opte pelas carnes grelhadas, em vez de fritas ou empanadas. Assim, o consumo de gordura é bastante reduzido. Se por acaso não houver opção grelhada, verifique se há a versão cozida ou assada. 

 

Dica 9: Sopas são boas escolhas. 

 

Sopas de legumes e verduras, ou que trazem fontes de proteína como carnes, são ótimas opções nos restaurantes. Porém, consuma com moderação caldos muito cremosos, gordurosos. 

 

Dica 10: Troque o refrigerante pela água ou pelo suco natural.

 

Opte pela água, água de coco ou pelos sucos naturais sem adição de açúcar. Refrigerantes são ricos em açúcar, e mesmo os que não possuem podem causar desconforto devido ao gás.


Fazendo escolhas conscientes, é possível comer fora de casa de forma saudável e inteligente, sem interferir negativamente na reeducação alimentar. O Vigilantes do Peso pode te ajudar nesse processo. Com o nosso programa de emagrecimento é possível iniciar a reeducação alimentar sem deixar de comer o que você mais gosta. Conheça nossos planos e inspire-se em pessoas reais assim como você!

ww vigilantesdopeso
Matheus Motta
Nutricionista no Vigilantes do Peso. Com mais de 5 anos de experiência na área atuando em atendimento personalizado, ele é responsável por todo o conteúdo do programa sobre alimentação, saúde e bem-estar.