Dicas E Artigos

O poder dos termogênicos

Será que eles trazem tantos benefícios como prometem? Tire suas dúvidas.

Acelerar o metabolismo e potencializar a perda de peso. Essas são as principais promessas que as dietas que incluem alimentos termogênicos fazem. Apesar de pesquisas relacionadas ao assunto serem, ainda, inconclusivas, alguns desses itens possuem características positivas se incluídos na rotina alimentar.

Chá verde – Possui muitos compostos bioativos, ou seja, substâncias com ação antioxidante, anti-inflamatória e termogênica, além de polifenóis, que auxiliam na redução da absorção de gordura e no envio de sinais de saciedade. Mas consuma com moderação! Alguns compostos, porém, podem prejudicar a absorção de certos nutrientes provenientes da alimentação. Prefira beber seu chá longe da hora do almoço ou do jantar.

Chá de hibisco – Ele não possui ação termogênica, como algumas pessoas acreditam. Mas, por ter um alto poder diurético, faz com que a retenção de líquidos no organismo seja reduzida, o que dá a sensação de diminuição de inchaço. Além disso, possui compostos antioxidantes, que contribuem para a prevenção do envelhecimento precoce e de doenças cardiovasculares.

Café – A cafeína é altamente estimulante e, por isso, é associada a uma maior disposição para a prática de atividades físicas. Porém deve ser consumida com cuidado, principalmente por pessoas com problemas de pressão ou cardíacas.

Canela, gengibre e pimenta – São associadas a um aumento da temperatura corporal, o que aceleraria o metabolismo e significaria que têm um efeito termogênico.

Óleo de coco – Amplamente divulgado como auxiliar no emagrecimento, até hoje nenhum estudo apontou se realmente esse benefício é real. Recentemente, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia lançou um posicionamento contra o uso de óleo de coco com função de emagrecimento já que, além dos poucos estudos realizados, o óleo de coco possui gorduras saturadas em quantidades elevadas, o que pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.