Dicas E Artigos

Artigos

Diga sim para o que você adora comer! Aqui, você pode.

O papel dos pais
Os pais têm o enorme poder de adotar um novo estilo de vida e criar um ambiente de apoio para a manutenção do peso saudável a longo prazo.

Pais que envolvem toda a família aumentam as chances de sucesso na sustentabilidade do emagrecimento de todos1.Famílias saudáveis têm filhos saudáveis, porque os familiares se sentem mais próximos, “conectados”. Os pais influenciam seus filhos, se influenciam mutuamente e os filhos também ajudam os pais a fazer mudanças positivas. Um estudo revelou que as crianças mais bem-sucedidas em lidar com seu peso normalmente vinham de famílias em que havia apoio entre os familiares2.

O sucesso dos filhos depende da estrutura criada pelos pais. Conscientemente ou não, os pais são a força motora por trás dos padrões alimentares e de atividades físicas da família. Eles decidem que alimentos ter em casa, onde e quando as refeições são feitas, além das atividades nas quais seus filhos participam.

Manter um peso saudável envolve o esforço da família inteira, não apenas do filho ou de um dos pais que tem problemas de peso. É essencial que os pais façam com que as recomendações de alimentação e atividades físicas sejam seguidas por toda a família3. “Solidariedade” familiar é um motivador poderosos para mudanças nos padrões alimentares e de atividades físicas4.

Diferentes papéis
Os pais assumem uma série de papéis importantes ao criar e manter um ambiente que favorece o peso saudável em suas casas5. Um dos mais importantes é o de serem modelos positivos. Os pais são o primeiro e mais influente modelo que as crianças têm para fazer escolhas alimentares, desenvolver padrões alimentares e manifestar atitudes, valores e crenças sobre comida e alimentação. Por exemplo, se um pai acredita que tomar um café da manhã saudável é importante e faz isso todos os dias, é provável que seus filhos automaticamente pensem da mesma forma.

Os pais também são provedores. Eles compram os alimentos para a família, além de brinquedos e equipamentos esportivos que incentivam a atividade física. Fornecem tanto os alimentos nutritivos quando as guloseimas ocasionais. Também fornecem o ambiente de apoio, e incentivam o estilo de vida que envolve alimentação saudável para toda a família.

Como reguladores, os pais “regulam” as influências positivas no comportamento dos filhos em relação à alimentação. Por exemplo, os pais ajudam seus filhos a ouvirem e reagirem a sinais internos de fome e satisfação. Essa atitude reguladora ajuda os filhos a aprenderem a comer apenas quando estão realmente com fome e não quando estão entediados. O objetivo geral do regulador não é se tornar um “fiscal da alimentação da família”, mas garantir que as escolhas alimentares e os padrões de alimentação apoiem a saúde e o bem-estar de todos os familiares.