Dicas E Artigos

Artigos

Descubra a ligação entre emagrecimento, saúde e bem-estar. Aprenda a viver melhor!

IMC é tudo?


Provavelmente, alguma vez na sua vida, você já escutou a sigla IMC.

O que significa: O IMC é o Índice de Massa Corporal. É o resultado do peso (em quilos) dividido pelo quadrado da altura (em metros) de um indivíduo adulto. Sendo assim, ele classifica o peso para a altura (kg/m²). 
Qual é a sua importância: Ele é um dos indicadores usados pela Organização Mundial de Saúde para verificação do estado nutricional em adultos. É considerado como uma maneira simples e fácil para classificar indivíduos com baixo peso, sobrepeso e obesidade.  Por isso, é largamente utilizado em pesquisas em todo o mundo.
Quando se trata de emagrecimento de pessoas com sobrepeso ou obesidade, o IMC pode ser usado em conjunto com algumas outras medidas, como por exemplo: circunferência do braço, da cintura, do quadril, do abdômen e percentual de gordura; além da relação da cintura/quadril para avaliação do risco de desenvolvimento de doenças crônicas associadas ao excesso de peso. 
Muitas pessoas questionam a usabilidade do IMC, uma vez que ele classifica apenas o peso determinado para a altura associada.  Pessoas muito fortes, como os halterofilistas por exemplo, nessa avaliação poderiam ser classificadas com sobrepeso ou obesidade, por apresentarem uma massa corporal alta para a altura, considerando sua massa muscular elevada. Nesse caso, não tem mistério: uma pessoa com massa muscular muito elevada será visivelmente musculosa, logo, um especialista nunca classificaria e trataria essa pessoa como um indivíduo obeso.
Outro questionamento está na ausência de diferenciação entre a “massa de gordura” e a “massa livre de gordura”, apenas com base no resultado da balança. É aí que entram as outras medidas citadas acima - as chamadas medidas do sucesso do Vigilantes do Peso. O sucesso do emagrecimento vai além dos números da balança. Observar as medidas do seu corpo também é muito importante para acompanhar o processo de perda de peso. Preguiça de usar a fita métrica? Existe uma forma fácil de ver o seu progresso: o tamanho das suas roupas.
1 kg de gordura ocupa muito mais espaço do que 1 kg de músculo
Por isso, a perda de peso torna-se visivelmente significativa muito mais rápido do que o ganho de massa muscular, que demora até ser notado. Confie nas suas medidas, nas suas roupas, no que você vê no espelho e tenha consciência do real esforço que você está fazendo para emagrecer - nada de subestimar o que come ou superestimar as atividades físicas que pratica. A trajetória da perda de peso é um benefício PRÓPRIO e de mais ninguém. Trapacear só prejudica quem está trapaceando - A balança e o IMC são apenas guias para o emagrecimento, o importante é dar o seu melhor e sentir-se bem com isso e com a forma física.
Enfim, não crie uma obsessão por um valor isolado, seja o da balança ou o IMC. Tenha uma visão ampla do emagrecimento. Crie rotinas saudáveis, mude os seus hábitos, alimente-se bem e pratique atividades físicas: a perda peso, de gordura e ganho de massa muscular serão consequências das suas atitudes.