Dicas E Artigos

Artigo

Diga sim para o que você adora comer! Aqui, você pode.

Guia de óleos saudáveis
Do óleo de abacate ao de nozes, conheça melhor esse ingrediente tão importante.

Antes de qualquer coisa: os óleos não são inimigos de uma alimentação saudável. Ao contrário do que se pensa, os óleos (que contêm cerca de 120 calorias por colher de chá) são, na verdade, essenciais para o funcionamento do corpo e do cérebro e são muito importantes para ajudar o corpo a absorver as vitaminas A, D, E e K. Outra função importante é a de tornarem seus pratos favoritos mais saudáveis e ainda realçarem o tempero que você escolheu para a receita.

Seguem algumas informações importantes:

Tipos de óleos

Quando você quiser reforçar ao máximo o sabor dos alimentos, finalize seus pratos com algum tipo de óleo.

Azeites de oliva extra virgem
O sabor desses óleos varia de intensidade de acordo com o tipo e estado de maturação das azeitonas usadas no seu preparo. Pode ir do frutado e suave ao intenso e amargo. Invista em uma garrafa de boa qualidade. O vidro deve ser escuro, para evitar que a luz oxide o azeite, e precisa ter tampa. Regue legumes cozidos, massas e tomates maduros.

Óleos de nozes
Com seus baixos pontos de fumaça, os óleos de oleaginosas (semente de abóboras, noz, avelã...) são ótimos para untar pratos logo antes de servi-los. Muitos são ricos em fitonutrientes, que ajudam a controlar os radicais livres, que prejudicam o coração e a pele.

Óleo de gergelim
Castanho-escuro, de sabor forte e característico. Regue pratos asiáticos, carnes grelhadas e frituras.

Óleo de trufa
Rico, natural, delicioso. Em geral, é feito a partir de um óleo neutro, como o óleo de girassol, aromatizado com essência natural ou artificial de trufas.

Óleos aromatizados 
Temperados com alho, alecrim ou pimenta, podem ser bem atraentes e saborosos, mas recomendamos evitá-los. A umidade nos temperos pode causar botulismo quando misturados a esses óleos. Prefira preparar seus próprios óleos temperados em casa. Triture um dente de alho ou pimentas sem sementes diretamente no óleo. Em seguida, drene os sólidos e use imediatamente.

Óleo de linhaça
É a arma secreta da natureza. Com gostinho de nozes e cheio de ômega-3, contém ácido alfa-linolenico, que pode se transformar em ácidos graxos ômega-3 no organismo. Muito frágil e delicado, vem geralmente em um frasco escuro. Deve ser armazenado na geladeira e pode ser usado em molhos para saladas ou para regar legumes no vapor.