Dicas E Artigos

Entenda o horário de verão

O VP tira suas dúvidas sobre esse período do ano que causa uma pequena mudança na hora e uma grande mudança na sua rotina.

Para que serve o horário de verão?

O principal objetivo é garantir o melhor aproveitamento da luz natural em relação à artificial. Adiantamos o relógio em uma hora para reduzir o consumo de energia entre 18h e 21h. O horário é encerrado quando essas vantagens deixam de ser significativas.

Quando o horário de verão começou a ser adotado?

Alguns estudos afirmam que a primeira pessoa a propor sua adoção foi Benjamim Franklin, em 1784, nos Estados Unidos. No entanto, a medida foi oficialmente adotada pela primeira vez durante a Primeira Guerra Mundial, pela Alemanha. A partir de então, outros países passaram a adotá-lo.

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase meio ano.

O Brasil é o único país que adota o horário de verão? 

Não! Vários países fazem mudanças no horário para aproveitar a luminosidade da estação. Países da União Europeia, Irã, Iraque, Síria, Líbano, Israel, Palestina, parte da Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Estados Unidos, México, Cuba, Honduras, Guatemala, Haiti, Bahamas, Paraguai, Uruguai e Chile.

Todo o Brasil adere ao horário de verão?

Não. Ele só é aplicado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste - Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Por que os estados do Norte e Nordeste ficam de fora?

Porque ele é mais eficaz nos estados mais distantes da linha do Equador, onde há uma diferença mais significativa na luminosidade do dia entre o verão e o inverno.

Quais os efeitos da mudança de horário em minha saúde?

O principal problema causado pelo horário de verão é a hora de sono que a mudança “rouba”. Isso atinge a maioria das pessoas, independente do horário em que acordam. Mal-estar, dificuldades para dormir, sonolência diurna e até a alterações de apetite também são comuns.

Quais são as dicas do VP para driblar esses problemas?

Uma boa estratégia para melhorar a adaptação é dormir com a janela aberta, para que a luminosidade natural te ajude a despertar mais cedo. A adaptação também pode ser feita em um período de cinco a sete dias antes do início do novo horário, se você começar a dormir um pouco mais cedo que o normal. E, mesmo se você não fizer essa pré-adaptação, seu sono irá se recuperar naturalmente em até duas semanas.