Dicas E Artigos

O Poder do Hábito no Processo de Reeducação Alimentar

Aprender a lidar com problemas internos e controlar certos impulsos fazem parte da metodologia de emagrecer com o poder do hábito

Aprender a lidar com problemas internos e controlar certos impulsos fazem parte da metodologia de emagrecer com o poder do hábito

 

Você já ouviu falar que é possível adotar um estilo de vida saudável e emagrecer com o poder do hábito, obtendo resultados a longo prazo? Modificar alguns aspectos da rotina é de extrema importância se você quer ter mais saúde e perder peso. 

Quando temos consciência do que e por que comemos, passamos a compreender melhor o efeito dos alimentos em nosso dia a dia. Emagrecer com mudanças de hábito é a melhor alternativa quando buscamos por estratégias eficazes de reeducação alimentar.  

Descubra de que forma é possível manter o equilíbrio entre prazer em comer e saúde e confira quais são os passos que você pode dar para desfrutar de uma rotina com mais qualidade. 

 

O que significa emagrecer com uma reeducação alimentar?

 

Ao contrário do que prometem as dietas milagrosas e restritivas, a reeducação alimentar tem como ponto de partida a adoção de bons hábitos. E isso não se limita a saber fazer as melhores escolhas de refeições.

É preciso reprogramar sua percepção para que você seja capaz de controlar suas ações e comportamentos de forma mais consciente.  Nesse contexto, as coisas trabalham a seu favor. 

Mudar tanto os hábitos alimentares quanto o pensamento oferece as condições necessárias para que a gente modifique o que sente diante de determinadas situações. A partir daí, podemos compreender os motivos que nos distanciam do peso ideal. 

 

Qual é a relação entre reeducação alimentar e saúde mental?

 

A reeducação alimentar leva em consideração a ingestão dos alimentos de forma consciente e estratégica. Isso significa que você deve incluir no cardápio diário vitaminas, antioxidantes, oligoelementos e minerais.

Esses nutrientes, quando ingeridos em porções adequadas e de acordo com as suas necessidades, ajudam a controlar o funcionamento do seu organismo. Por isso, é importante contar com a orientação de um nutricionista.

O profissional, com base no seu perfil, será capaz de te ajudar a montar uma rotina de reeducação alimentar. Isso implica em inserir alimentos que aceleram o metabolismo, reduzir a ingestão calórica e aumentar a energia, por exemplo.

Trocar um alimento por outro de mais qualidade nutricional é apenas um dos caminhos que você deve percorrer se deseja emagrecer. Leve em consideração os seguintes hábitos que você deve adquirir para melhorar sua saúde:

  • Mastigue devagar e descanse entre uma porção e outra;
  • Evite ingerir líquidos durante as refeições;
  • Alimente-se em um ambiente tranquilo;
  • Evite distrações com redes sociais, programas de TV, entre outros;
  • Crie o hábito de preparar a própria comida; 
  • Beba, no mínimo, 2 litros de água por dia. 

Essas atitudes farão com que você adquira mais consciência da sua alimentação. Além disso, elas evitarão que a correria do dia a dia, o estresse e uma agenda cheia de compromissos sejam mais importantes do que refeições de qualidade. 

 

O que fazer para emagrecer mudando hábitos?

 

Os maus hábitos alimentares podem estar associados a condições mentais. Dependendo da situação, comportamentos nocivos de alimentação acabam sendo adquiridos para compensar incômodos que não somos capazes de resolver.

Para evitar transtornos relacionados à alimentação, é importante que você tenha uma rotina pautada nos seguintes elementos:

Sono de qualidade: Essa é uma das medidas que você deve tomar para associar reeducação alimentar e qualidade de vida. Não dormir a quantidade de horas necessárias para que seu corpo se recupere pode ser mais prejudicial do que imagina.

Meditar, manter a temperatura do quarto confortável e evitar distrações quando já estiver deitado são elementos que auxiliam uma boa noite de sono. Isso evita o desgaste mental e físico no dia seguinte, fazendo com que você raciocine melhor e não desconte a tensão na comida.

Atividade física: A prática de exercícios é capaz de regular nosso humor. Ela estimula a produção de endorfina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar, conforto e alegria. 

Atividades aeróbicas, como caminhada, corrida, pedalada e hidroginástica, por exemplo, melhoram a circulação, facilitam o processo digestivo e ajudam a eliminar calorias. Elas farão com que você se sinta mais relaxado e de bem consigo mesmo. 

Organização: A má administração do tempo é uma grande vilã da reeducação alimentar. Em meio à correria, se não tivermos ao alcance uma refeição apropriada, a probabilidade de consumirmos alimentos processados e fast food é grande.

Por isso, faça um planejamento e se organize para providenciar as refeições da semana. Vá ao supermercado com uma lista de compras e, além disso, crie o hábito de preparar sua própria comida sempre que puder. 

As sessões de psicoterapia vão te ajudar a identificar e resolver o problema que pode levar às escolhas de alimentos ricos em gorduras e açúcar, por exemplo. Além disso, o autoconhecimento fará com que você evite e controle situações de estresse. 

 

O que devo fazer para mudar meus hábitos alimentares?

 

O primeiro passo para é reconhecer qual é sua relação com os alimentos. 

Depois, a orientação de profissionais especializados vai te ajudar a consumir os alimentos adequados s e adotar a postura correta em relação à sua rotina. Medidas simples farão com que sua saúde física e mental esteja acima de tudo.

Se você se alimentar corretamente, vai ter mais energia para cumprir suas tarefas. Ao cuidar de sua saúde mental, você terá mais ânimo e vontade para encarar os desafios. A união desses elementos implica no seu bem-estar.

A reeducação alimentar não precisa ser restritiva. Isso significa que você não precisa deixar de comer o que gosta, mas procurar opções mais saudáveis no preparo das refeições. Trocar a fritura por grelhados ou assados e preparar sobremesas com menos gordura faz. O mesmo vale para escolhas mais saudáveis em restaurantes, por exemplo.   

Pronto para dar um passo importante em sua vida? Então faça parte da comunidade inspiradora do Vigilantes do Peso e descubra que bem-estar, saúde e alimentação saudável não precisam ser alcançados com sofrimento.

Basta escolher se você deseja que seu acompanhamento seja feito por meio das dos planos Online ou Workshop. Nossa equipe multidisciplinar fará um trabalho personalizado e que se adeque às suas necessidades e rotina.