Dicas E Artigos

Artigos

Diga sim para o que você adora comer! Aqui, você pode.

Dress Code - Casamentos
O Mês das Noivas está chegando e você, que antes de perder alguns quilinhos, fugia das câmeras, agora quer exibir a nova silhueta e mostrar para todo mundo que está entrando em forma, não é mesmo?

O Vigilantes do Peso conversou com Ana Paula Faria, Consultora de Imagem e Estilo, que deu todas as dicas para não errar nos looks das festas.

No Vigilantes do Peso, você aprende que cuidar de si mesmo é um hábito saudável. E cuidar de si mesmo não se restringe a se alimentar bem e praticar atividades físicas. Caprichar no visual é importante para a sua autoestima. Antes de sair para comprar o traje para a próxima festa de casamento, leia as dicas a seguir. Você só não vai ficar mais deslumbrante que a noiva!

Cerimônias pela manhã ou almoço

Segundo Ana Paula, cerimônias no perído diurno costumam ser mais casuais, o que pede roupas descomplicadas. “Para as mulheres, a dica é usar vestidos curtos (um palmo acima do joelho) e tailleurs, assim como saias e blusas em tecidos finos. Uma pantalona caprichada também pode compor o visual.”

Se você ainda não alcançou sua meta de peso, a consultora explica que “não é indicado usar franzidos, drapeados e cores muito mais claras do que o resto da roupa em regiões que não queira destacar” e acrescenta: “Para braços mais largos, o indicado é chamar a atenção para o colo, ombros e pescoço”. Como? Decotes em “V”, echarpes levinhas, cabelos presos no alto de maneira charmosa, brincos pequenos (mas vistosos) e trajes com ombros estruturados são ótimas estratégias.

No que diz respeito aos tecidos, já falamos que devem ser leves. Ana Paula sugere crepe, seda fosca – “É melhor evitar brilhos durante o dia!” – rendas delicadas e linhos.

Nos pés, sandálias abertas de salto médio, sapatilhas ou scarpins, dependendo do modelo de roupa escolhida. “Se a cerimônia for na praia ou no campo, valem anabelas e saltos de corda ou cortiça, sempre de acordo com o estilo da roupa”, explica a consultora.

O tamanho da bolsa também é importante: a dica é optar pelos tamanhos médio ou pequeno. Segundo Ana Paula, “bolsas grandes em casamentos, mesmo nos informais, são deselegantes”. Louca por chapéus? Use com moderação! Em dias em dias ensolarados, se a cerimônia for ao ar livre, coordene com o estilo da roupa que vai usar. Um leque charmoso também cai bem.

Para alguns homens, usar gravata é verdadeira tortura. Se você é do tipo que espera ansiosamente pelo fim da cerimônia para afrouxar esse incômodo – porém elegante – acessório ou arrancá-lo e pedurá-lo na cadeira mais próxima, saiba que, em casamentos na praia ou no campo, com clima descontraído, a gravata não é obrigatória. Ainda nesse contexto, a recomendação é de usar calça clara e, no lugar da camisa convencional, se quiser, uma bata mais leve e soltinha. Nos pés, os famosos “sapatênis” dão o maior charme. “Fuja dos modelos de academia!”, alerta a consultora.

Em casamentos na cidade, o visual pode continuar mais claro: de uma só cor e tecido (bege, cinza, marrom, azul ou verde, por exemplo). O mais indicado é usar camisa, gravata e blazer ou terno. Segundo Ana Paula, homens mais modernos arriscam o tênis no lugar dos sapatos para compor um estilo cool e jovial. “Se preferir, use um sapato (no caso da calça clara, a cor caramelo é a mais indicada) e meias sociais.” Ah, não esqueça! Meias sempre da cor da calça ou do sapato!


Cerimonias noturnas (após as 18 horas)

Casamentos à noite permitem diferentes comprimentos de vestidos: dos curtos aos mais longos, que são comuns entre as madrinhas. Ana Paula explica que é a hora de investir nos decotes. “Os em ‘V’ são ótimos para alongar e afinar o tronco. Use brilhos e bordados para destacar os pontos fortes da sua silhueta, caso contrário, irá chamar a atenção para o que gostaria de camuflar!”, alerta a consultora.

Para quem não se sente à vontade em usar vestido de alças, a dica é optar por mangas que destaquem os ombros e não apertem nem dêem volume aos braços. Quantos aos tecidos, a sugestão é escolher as rendas, sedas e tafetás.

Cores escuras sem muitos contrastes são opções para não correr o risco de errar – especialmente se ainda restam alguns quilinhos a eliminar! Mais dicas de Ana Paula: “se houver bordados, opte por formas verticais (as horizontais achatam e aumentam a silhueta). Os bordados também podem culminar num ponto positivo do seu corpo para que ali seja o foco de quem olha”.

Para levar na mão, capriche na escolha da carteira e deixe as alças em casa. Para os pés, sapatos altos e sandálias de festa. E a consultora adverte: “Não cabem aqui as anabellas, saltos de cortiça ou corda”.

À noite, os homens devem dar preferência às camisas de mangas longas, brancas ou de cor mais clara que a do traje. “O punho deve aparecer junto com a manga do casaco”, explica Ana Paula. O terno completo de cor escura (cinza, azul marinho ou preto) é o mais indicado e deve ser usado com gravata – sempre! Recorra ao smoking apenas quando especificado no convite e fuja do trio suspensório–lenço–gravata do mesmo tecido. Já que falamos em suspensórios, se optar por eles não use cinto. A razão é simples: os dois acessórios têm a mesma finalidade.

Nos pés, sapato formal, ou seja, com solado de couro e de amarrar. Ana Paula recomenda os pretos ou os marrons. “Esqueça as outras cores!” Também é preciso prestar especial atenção nas meias, que devem combinar com o sapato ou a calça, nunca com a camisa. “Jamais use meias brancas com terno”, esclarece a consultora.