Atividades Físicas

7 dicas motivadoras para dar início aos treinos em casa

Especialistas compartilham maneiras simples de recarregar sua energia, foco e alegria para que você possa manter seu corpo em movimento.

Após meses sem academias e restrições, é provável que você já esteja acostumado a malhar em casa ou pensando em começar. Dito isso, para muitos de nós, os espaços residenciais estão longe de ser espaços ideais para exercícios. Felizmente, com alguns ajustes simples, você pode turbinar seus movimentos em casa para serem mais divertidos e eficazes. Aqui estão algumas dicas e truques de especialistas:

1. Crie um espaço para o treino

Mesmo nos menores cômodos, pode ser útil definir um local específico como a área de ginástica de sua casa. Isso pode deixá-lo mentalmente preparado para o treino. “A melhor coisa que você pode fazer é tornar seu espaço funcional e conveniente”, diz o treinador Kekua Kobashigawa, CPT. “Se você se sente apertado ou é um incômodo trazer equipamentos ou mover móveis, você tem menos probabilidade de malhar.”

Você não precisa ficar louco - um pouco ajuda muito na criação de um recanto de treino que você adora. Basta colocar uma toalha ou tapete de Ioga forrado com seus pesos e faixas de resistência no canto do seu quarto. Por um pouco mais, você pode adicionar um difusor de aromaterapia ou um quadro de visão com citações inspiradoras para ajudá-lo a se sentir mais animado para se exercitar em seu "estúdio" fitness doméstico.

2. Abra as cortinas

É hora de iluminar seu espaço. “Uma das melhores formas de incentivar os exercícios em casa é iluminar o ambiente”, diz o fisioterapeuta Tim Fraticelli. “Abra as cortinas e considere adicionar uma luz mais brilhante ao seu quarto se você estiver procurando melhorar seu humor durante o exercício.” Embora o exercício regular tenha sido associado a uma série de melhorias na qualidade de vida relacionadas à saúde, pesquisas sugerem que adicionar uma luz forte pode aumentar os benefícios relacionados ao humor.

3. Aumente o som

Esteja você dando uma volta em sua bicicleta doméstica ou fazendo uma sessão de treinamento de força em casa, a música pode fazer toda a diferença. “Ela pode transformar um clima desmotivado em um clima de euforia em minutos”, explica Carrie A Groff, CPT. “Quando você ouve uma música que faz sua cabeça balançar, você tem vontade de repeti-la.” Isso também tira sua mente da queima muscular, ela acrescenta. Então, da próxima vez que você se sentir tentado a desistir, acesse uma das nossas playlists do Spotify ou coloque sua música favorita para tocar..

4. Otimize seu tempo

Ao trabalhar por seus objetivos de atividade física, escolher um “quando” regular pode ser útil para se manter na linha. Isso será diferente para cada pessoa: você pode designar uma hora específica para se exercitar a cada dia ou pode simplesmente tentar se movimentar em uma janela de tempo mais ampla (por exemplo, nas tardes antes do jantar).

Seja qual for o seu estilo, faça da sua rotina um hábito e você terá menos probabilidade de pular o treino - e mais probabilidade de esperar por isso como uma forma de recarregar e reiniciar durante os tempos difíceis.

Para descobrir uma rotina de exercícios em casa factível, pense em sua programação geral. Os treinos matinais podem não fazer sentido para você, por exemplo, se você tiver que estar em uma vídeochamada às 8h, todos os dias da semana. Em vez disso, você pode querer reservar 30 minutos do almoço para começar a se mexer; em seguida, faça um lanche rápido antes de voltar ao trabalho. É do tipo coruja? Tente se desconectar do trabalho ou das tarefas domésticas todas as noites às 19h e encontre um treino no app WW para fazer em sua sala de estar.

5. Mexa-se do seu jeito

Se você se pega se arrastando durante os mesmos exercícios todos os dias ou se sente intimidado com a ideia de sessões de uma hora de duração, lembre-se: o melhor tipo de atividade é aquela de que você realmente gosta, porque é o que você tem mais probabilidade de fazer de forma consistente.

6. Use roupas de ginástica que você ama

Você pode não estar olhando para os outros frequentadores da academia ou suando ao lado de seu colega de treino, mas colocar roupas que você adora pode ajudar a impulsionar sua atividade. “Eu sei que você provavelmente não está tentando impressionar as pessoas enquanto faz exercícios em casa, mas você não adorava colocar uma roupa de treino que te fazia sentir bem antes de ir para a academia?” pergunta a instrutora de Zumba Audrey Del Prete. “Se isso te faz sentir bem, então faça! Cada pequena motivação ajuda. ”

E por “roupas de ginástica” não queremos dizer necessariamente equipamentos de alto desempenho caros. Se a sua camisa surrada da faculdade faz você se sentir bem - e você pode se mover confortavelmente com ela -, ótimo!

7. Limite as distrações

Mesmo com equipamentos, roupas e rotina adequados, malhar em casa pode ser um desafio. Ao contrário de nossas casas - que se tornaram locais de trabalho, escolas, cinemas, restaurantes e muito mais nos últimos meses -, as academias existem para um propósito: exercícios. “A melhor coisa de ir a uma academia é que ela não é uma casa, onde há um milhão de distrações, como crianças e animais de estimação correndo por aí”, diz Del Prete.

Então, da próxima vez que você estiver realmente tentando se concentrar em uma aula ou circuito, aja como se estivesse em uma academia. Tente eliminar as distrações o máximo possível desligando suas notificações de e-mail ou mídia social e avisando aos membros da família que você está saindo para se exercitar - mesmo que seja apenas para a outra sala. A melhor parte? Você não terá que esperar que alguém termine de usar um par de pesos ou a esteira.

Quer criar hábitos saudáveis?

Comece hoje mesmo uma mudança positiva no seu estilo de vida e transforme sua rotina com a gente!