Alimentação

Cuidados com alimentos processados

Com tantas opções no mercado, é bom ficar de olho nos industrializados que podem prejudicar sua saúde e emagrecimento.

 

Chama-se alimento processado aquele que não pode ser obtido naturalmente; quaisquer alimentos artificiais e industrializados. Já os ultraprocessados correspondem a produtos cuja fabricação envolve diversas etapas e técnicas de processamento e vários ingredientes. Muitos deles de uso exclusivamente industrial.

Os ingredientes desses produtos acabam alterando negativamente suas composições nutricionais. Muitos deles são ingredientes como sal, açúcar e gorduras e em alguns casos ingredientes químicos sintéticos.

 
Alimentos altamente processados costumam conter:
  • Conservantes: produtos químicos que conservam a integridade do alimento por mais tempo.
  • Corantes: produtos químicos usados para dar ao alimento uma cor específica, mais atraente para o consumo.
  • Sabor: produtos químicos que dão ao alimento um sabor particular artificial, não existente originalmente.
  • Texturantes: produtos químicos que dão uma textura particular e diferenciada ao alimento.

 

Como agir?
 

Evitar alimentos processados é uma das melhores mudanças alimentares que você pode fazer pela sua saúde. Em substituição, dê preferência a alimentos naturais: frutas, verduras, carnes magras, ovos, leguminosas, farinhas integrais, fibras, leite e derivados naturais sem conservantes. Descasque mais, embale menos!

Mas, caso consuma um processado, não se esqueça de ler atentamente o rótulo. Muitos ingredientes nocivos e quantidades exageradas estão camuflados em “alimentos inocentes”, como pães ou margarinas.

 

E lembre-se: o ganho de peso pode ser apenas o primeiro sintoma de um problema de saúde maior que os alimentos processados e ingredientes inferiores. Fique atento ao que consome, controle suas porções e acompanhe os sinais do seu organismo.