Bem-Estar
Como prevenir a obesidade: dicas para ficar longe do sobrepeso
Publicado 15 de Março, 2022

Como prevenir a obesidade? O processo começa com a alimentação, mas abrange outros fatores. Além disso, é preciso cuidar desde a infância e ter disciplina. Assim, é mais fácil prevenir a obesidade em qualquer idade e manter o foco na saúde e na qualidade de vida.

Você sabe como prevenir a obesidade? Muita gente diz que sim, mas acaba caindo nos mesmos erros. Isso porque o excesso de peso exige uma mudança de estilo de vida e vai muito além das dietas da moda.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Tanto é que, até 2025, a estimativa é que 2,3 bilhões de adultos tenham Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 30.

Somente no Brasil, o aumento foi de 72% em apenas 13 anos. Para ter uma ideia, quase 12 a cada 100 pessoas tinham obesidade em 2006. Em 2019, já eram 20 a cada 100 pessoas. Esses dados se referem somente aos adultos.

Porém, também é preciso saber como prevenir a obesidade infantil e entre adolescentes. Afinal, 12,9% das crianças brasileiras entre 5 e 9 anos estão nessa condição. Na faixa entre 12 e 17 anos, o índice chega a 7%.

Por isso, entender como prevenir a obesidade no Brasil é um compromisso de todos. E você, está nessa? Confira dicas para ficar longe do sobrepeso.

O que é obesidade e como pode ser evitada?

A obesidade consiste no acúmulo de gordura corporal de forma excessiva. Isso gera riscos à saúde e à qualidade de vida. Entre as consequências dessa condição estão as complicações metabólicas, como:

  • aumento do LDL, conhecido como colesterol ruim;
  • aumento da pressão arterial;
  • elevação dos níveis de triglicerídeos;
  • resistência à insulina.

Para evitar esse problema de saúde pública, é importante ter um estilo de vida equilibrado. Isso significa se alimentar bem, fazer exercícios físicos e cuidar do corpo e da mente. Assim, é possível se manter dentro do IMC normal.

O que pode ser feito para tratar a obesidade?

O tratamento da obesidade deve começar o quanto antes. Ele depende de uma combinação de fatores. Eles são:

Como podemos evitar a obesidade?

A obesidade é uma doença da categoria nutricional e pode estar relacionada a problemas alimentares. No entanto, isso nem sempre acontece, já que vários fatores interferem nessa questão.

Ainda assim, os cuidados para evitar o problema devem iniciar já na gestação, com a alimentação saudável da mãe. Para saber como prevenir e tratar a obesidade na infância, também é necessário evitar alimentos industrializados, doces e farinhas até os 2 anos, pelo menos.

Em todas as idades, é preciso cuidar com os alimentos ingeridos, além de fazer exercícios físicos. É importante evitar fast foods e ter uma alimentação rica em nutrientes e alimentos minimamente processados. Algumas boas opções de comida são frutas, legumes, verduras, grãos e carnes.

Quais são as causas que levam as pessoas a se tornarem obesas?

Vários fatores podem levar à obesidade em qualquer período da vida. Os principais são:

  • alimentação rica em carboidratos, açúcar e gordura, que tende a ser mais calórica;
  • falta de atividades físicas;
  • predisposição genética;
  • alteração nos níveis de leptina e grelina, que são hormônios importantes para a regulação do apetite;
  • alterações hormonais, com síndrome de Cushing, síndrome dos ovários policísticos, hipotireoidismo, hipogonadismo, insulinoma, deficiência de hormônios do crescimento, pseudo-hipoparatireoidismo e hiperinsulinismo;
  • distúrbios emocionais;
  • uso de remédios cujo efeito é engordar;
  • redução da dopamina, um neurotransmissor que traz bem-estar, saciedade e prazer.
Quais são os principais fatores de risco para a obesidade?

Os principais fatores de risco para a obesidade são a ingestão excessiva de calorias e o sedentarismo. Isso leva a doenças associadas a esse cenário, como diabetes, hipertensão arterial, câncer, problemas articulares e esteatose e cirrose hepáticas.

Como prevenir a obesidade?

A prevenção da obesidade exige cuidados amplos, como indicamos. Seja na terceira idade, seja para crianças e adolescentes, as dicas são parecidas. Veja.

Planeje as refeições para toda a família

Para começar, faça um bom planejamento. Organizar a rotina da casa e da família ajuda a manter a disciplina e evitar a compra de fast food por estar sem uma refeição pronta. Elabore um cardápio semanal e, se achar melhor, prepare as refeições. Você pode congelá-las e utilizá-las ao longo da semana.

Lembre-se de que uma das maneiras eficientes de saber como prevenir a obesidade mórbida é incentivar todos da casa a adotarem hábitos saudáveis. Assim, existe uma ajuda mútua para que as refeições sejam mais saudáveis.

Tenha cuidado com a alimentação das crianças

Os hábitos alimentares começam a ser formados ainda na barriga da mãe. As papilas gustativas se formam por volta da 7ª semana. A partir disso, o feto consegue sentir o gosto dos alimentos consumidos pela mãe.

Na introdução alimentar, é importante seguir a orientação do pediatra. Além disso, vale a pena oferecer um grande número de frutas, verduras e legumes sem sal e com pouco tempero. Assim, a criança consegue formar o paladar. Outras dicas são:

  1. evite dar alimentos industrializados e pouco nutritivos, como farinhas e açúcares;
  2. incentive a realização de atividades físicas;
  3. estimule os hábitos saudáveis e impeça o acesso a eletrônicos durante as refeições;
  4. evite o excesso de líquidos durante a refeição;
  5. respeite a saciedade da criança.
Entenda como prevenir a obesidade na adolescência

Os adolescentes têm a característica de começarem a se preocupar com a aparência. Nesse período, é possível criar uma rotina de exercícios físicos. No entanto, é importante evitar os exageros, já que muitas pessoas nessa idade tendem a fazer dietas rigorosas. Por isso, algumas dicas importantes são:

  1. incentive uma imagem corporal positiva;
  2. desestimule a adoção de uma dieta rígida, em que refeições são puladas ou são tomadas pílulas para emagrecer. O foco sempre deve ser uma alimentação saudável combinada à atividade física;
  3. recomende a adoção de refeições familiares frequentes. Isso ajuda a manter a disciplina e optar por alimentos mais saudáveis;
  4. converse com o adolescente para saber se ele tem algum problema em casa;
  5. monitore a perda de peso para evitar complicações médicas resultantes da inanição.
Saiba como prevenir a obesidade na terceira idade

A perda de massa muscular começa de forma leve a partir dos 35 anos. Quando se chega aos 50 anos, ela se acentua. Por isso, a prevenção da obesidade em idosos passa por esse aspecto.

Aqui, é importante ressaltar que o ganho de peso na terceira idade é normal, mas precisa ser evitado. Afinal, ele aumenta a chance de comorbidades. Para evitá-lo, você deve:

  1. fazer exercícios físicos 3 vezes por semana ou mais;
  2. ter uma dieta balanceada, com preferência a frutas, legumes, verduras e alimentos integrais;
  3. fazer acompanhamento médico e nutricional para saber como anda a sua saúde e verificar a atividade física mais adequada para a sua condição;
  4. contar com a ajuda do profissional de educação física, tanto para fazer os exercícios da forma certa quanto para garantir a perda de peso.
Veja as estratégias para prevenir a obesidade mórbida

A obesidade mórbida é aquela com grau III, ou seja, com IMC acima de 40. Nesse caso, a pessoa precisa de uma cirurgia bariátrica e do uso de medicamentos. Porém, eles sempre devem ser recomendados por um profissional.

Além disso, é necessário adotar algumas estratégias que ajudam a evitar que chegue nesse patamar. Veja quais são elas:

  1. foque o déficit calórico para perder peso;
  2. evite consumir alimentos processados e ultraprocessados, por exemplo, molhos prontos e conservas;
  3. faça exercícios físicos regulares;
  4. evite fumar;
  5. adote uma alimentação saudável;
  6. durma bem para evitar desequilíbrios hormonais que aumentam a fome.
Faça escolhas conscientes e saudáveis

Qualquer que seja a sua idade, a prevenção da obesidade passa por fazer boas escolhas. É importante ter consciência desde cedo de que se pode comer de tudo, mas com moderação. Além disso, é necessário privilegiar o que é saudável. Assim, é estabelecido um verdadeiro estilo de vida focado no bem-estar.

Nesse processo, aproveite para participar do programa do WW, que ensina a se alimentar da forma correta e com déficit calórico. Assim, você verá que pode ingerir o que desejar e ainda ter o suporte necessário com especialistas e outras pessoas que passam pela mesma experiência.

Agora você já sabe como prevenir a obesidade a partir de práticas simples e eficientes. Também viu o que fazer em cada faixa etária para ter sucesso em todas elas. Assim, o controle do peso se tornará mais um benefício na sua jornada pela saúde.

Quer criar hábitos saudáveis?

Comece hoje mesmo uma mudança positiva no seu estilo de vida e transforme sua rotina com a gente!