Alimentação

Comida japonesa na medida certa

Se você é apaixonado por culinária oriental, veja as dicas que preparamos para uma refeição deliciosa sem sair da linha.

 

A comida japonesa é muito popular e apreciada no Brasil. Nos últimos anos, restaurantes especializados se espalharam pelo país e ganharam o coração de quem gosta de sair da rotina. Mas... E a dieta? Dá para emagrecer comendo japonês?

Quando comparamos com outras cozinhas ao redor do mundo, a japonesa tem poucas armadilhas. E, quando aparecem, são normalmente bem óbvias. Veja a seguir como ser fiel às tradições e às suas metas. 

 

Fuja do “picante”

Quando você ler “picante” no menu, saiba que é um alerta para maionese misturada à molho picante ou óleo de pimenta. Esse molho laranja pode vir sobre prato ou escondido no meio de um rolinho. De qualquer maneira, pode adicionar ProPontos indesejados à sua refeição.

 

Coma seus legumes

Não importa se você ama o sabor do peixe cru ou ainda está se acostumando com a ideia, vale a pena lembrar que existem sushis vegetarianos, com abacate ou pepino.

 

Cuidado com o caranguejo falso

A maioria das imitações de caranguejo são compostas de carne de peixe adicionada de clara de ovo, óleo, amido e tempero. Isso faz delas comidas processadas e nem um pouco saudáveis, como o atum ou o salmão cru. Porém, para muitos consumidores, a consistência, o preço baixo e poucas calorias fazem com que o kani seja uma boa opção para os California rolls, com 4 ProPontos por porção (4 unidades).

 

Vá de arroz integral

Alguns shushi bars hoje já oferecem opção de arroz integral nos sushis. Você vai ter toda a fibra e vitamina B que se perdem no arroz branco e ainda vai se sentir satisfeito por mais tempo.

 

Nem sempre o grelhado é o melhor

Cuidado com pratos do tipo Teppanyaki/Hibachi, onde os alimentos são preparados em uma grelha ou chapa. Na maior parte das vezes é utilizada uma quantidade de óleo maior do que a necessária porque isso acelera o processo de cozimento. Um prato preparado dessa forma pode chegar a 8 ProPontos por porção (1 xícara)!

 

Abrindo as vias aéreas

Além do molho de soja (shoyu), os pratos japoneses também são servidos com gengibre em conserva e wasabi, uma pasta verde a base de raiz-forte. O toque cítrico do gengibre com o picante do wasabi são um contraste com o sabor delicado do sushi e servem para limpar seu paladar. Puristas irão dizer que é um sacrilégio misturar o wasabi ao shoyu e preferem deixar nas mãos do sushiman, mas, se você não tem essa opinião, pode estar acrescentando 1 ProPontos a mais ao seu prato. 

 

Sobre o sushi

Dificilmente você será pego de surpresa quando o assunto é o prato japonês mais famoso. Raramente existem molhos ou óleos que têm calorias escondidas, então, o que você vê no seu prato é realmente o que está comendo. Atenção extra para os sushis picantes, recheados com peixe picado: normalmente eles são feitos com os cortes menos nobres.