Bem-Estar

Bem-estar e fake news: entenda essa relação

Quando o assunto é saúde e bem-estar, o jeito como você consome as informações é fundamental.

 

Em tempos em que a internet domina boa parte do seu dia, com o acesso facilitado pelos smartphones, as notícias (e fake news) correm em tempo real. Mas, será que você precisa saber de tudo o tempo todo?

 

Tempo em frente às telas

 

Seja via smartphone, computador ou TV, a exposição exagerada às telas e toda a informação que elas trazem pode ser prejudicial à sua saúde e bem-estar. Sabemos que é difícil controlar esse tipo de hábito, mas ainda assim existem algumas estratégias simples e realistas para você controlar o impacto que esse turbilhão de acontecimentos tem em sua vida. 
 

Na hora certa 
 

A mais simples das decisões é estabelecer horários para consumir certas informações. Fazendo isso você vai estar preparado emocionalmente para as notícias - e o impacto delas será menor. 
 

Atenção nos grupos de WhatsApp

 

Além de recebermos toda essa carga emocional, também nos comunicamos com muitas pessoas ao mesmo tempo. Trocar mensagens no Whatsapp virou algo tão comum que fazemos sem sentir. E é aí que está o perigo. 

O app deve estar dentro do limite de tempo que você estabeleceu para navegar nas redes. - não abra exceções. Além disso, ao receber informações, mantenha a atenção redobrada. Confira sempre a veracidade delas antes de repassá-las, fazendo essas perguntas simples:

  • Qual a fonte dessa informação? 
  • Quem assina essa matéria?
  • Ela está em mais de um veículo de informação?
  • Essa matéria é antiga ou atual?
     

Seja exigente sempre

 

Escolha portais de notícias que sejam de sua confiança para se informar. Isso irá evitar que você caia nas fake news. 

E lembre-se de que o lazer também é importante! Filmes, séries, programas  de variedades, música… O que não falta é conteúdo ‘neutro’ que pode ajudar sua saúde mental - ao invés de colocá-la em risco.