Dicas E Artigos

10 alimentos energéticos para aumentar a energia e disposição

 

O que fazer pra dar mais energia ao corpo? O gengibre, a banana e outros alimentos podem aumentar a disposição.

 

Será que estamos cada vez mais cansados? Aparentemente, vive-se hoje uma das épocas mais exaustivas de todos os tempos. Segundo a professora inglesa Anna Katharina Schaffner, em seu livro Exhaustion, a History (“Exaustão, uma História”), lançado em 2016, a população está tão cansada quanto sempre esteve, porém a partir de um viés diferente. Ainda segundo a autora, o esgotamento sempre existiu na sociedade, inclusive em tempos como a Idade Média  (quando era nomeado acídia), e até mesmo no século 19, quando era chamado de neurastenia.  

 

Já outros autores e estudiosos, que focam suas pesquisas na exaustão dos tempos modernos, trazem outra visão sobre o assunto. O filósofo Byung-Chul Han, autor do livro A Sociedade do Cansaço, lançado em 2010 e com tradução para a língua portuguesa, traça um paralelo entre os dias de hoje e o período de vida selvagem. Segundo o filósofo, o hábito do multitasking (fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo) é um dos grandes responsáveis pela intensa fadiga da sociedade contemporânea. 

 

Seja qual for a linha de pensamento sobre esse grande problema que assola a população de todo o mundo, uma coisa é fato: não é incomum estarmos cansados e sem energia em diversos momentos. Como quase nunca é possível escapar completamente da nova rotina que se estabeleceu no século 21, a solução é buscar formas de reduzir esse impacto em nosso corpo e em nossa saúde.

 

O que causa o cansaço e a falta de energia?

 

Além da rotina atribulada e das questões como o multitasking, tão comuns na atualidade, algumas doenças também podem ser o fator desencadeante da falta de ânimo. Por isso, caso a fadiga seja frequente e até mesmo permanente, é importante buscar auxílio médico para verificar as condições de saúde por meio de exames e avaliação especializada. 

 

Entre as enfermidades que tiram a energia estão a anemia, o hipotireoidismo, a diabetes, a apneia do sono, a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), as doenças cardíacas e a depressão. O estresse, o consumo elevado de álcool e a deficiência nutricional também podem ser vilões para quem precisa de mais energia. 


Fazer alguma dieta da moda também pode causar falta de energia. Isso porque, nesses casos, a alimentação restrita é completamente desequilibrada e diversos nutrientes fundamentais para o organismo deixam de ser ingeridos. O resultado? Corpo mais “fraco”, cansado e vulnerável ao efeito sanfona.

 

Como ter mais energia?

 

Mas afinal, o que fazer para dar mais energia ao corpo? Como ter mais energia e disposição para as tarefas do dia a dia? Os exercícios físicos são grandes aliados nessa tarefa, visto que tiram o corpo da inércia e devolvem a vitalidade. 

 

A prática de exercícios físicos reflete diretamente na disposição quando traz a melhora na qualidade do sono, por exemplo. Além disso, o exercício físico pode contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento muscular do corpo. E o sistema cardiorrespiratório e imunidade também são positivamente impactados, devolvendo a disposição para os praticantes. 


O exercício ideal para cada indivíduo varia bastante e deve ser adotado conforme as condições de saúde, o tempo disponível e o gosto pessoal. Afinal, se algo novo será introduzido no seu dia a dia, deve trazer bem-estar e felicidade, não é mesmo? Nesse artigo mostramos algumas dicas para se exercitar em casa sem sair da rotina.

 

Lembre-se: antes de começar a praticar uma atividade, é importante consultar um médico e um profissional de educação física. Eles serão capazes de recomendar o melhor exercício de acordo com as suas necessidades.

 

O que comer para ter mais energia?

 

um prato pequeno com morangos e uvas, um bowl com cereais e banana e uma colher pequena ao lado

Exercícios físicos somados a uma alimentação saudável formam o combo certo para trazer mais ânimo. Não faltam alimentos que aumentam a energia e a disposição, e eles devem ser incorporados ao cardápio diário de quem busca mais vitalidade.


Através da alimentação o nosso corpo consegue repor suas reservas energéticas e de fluidos, assim como outros nutrientes essenciais para o organismo exercer suas funções regularmente.

Os chamados alimentos energéticos - que compõem a tríade nutricional junto aos alimentos construtores e reguladores - são, como o próprio nome indica, portadores de nutrientes que trazem mais energia e disposição ao corpo humano. Este grupo é composto principalmente por carboidratos (como pães e batatas), proteínas (carne e ovos, por exemplo) e lipídios (como azeite de oliva e chocolate), e seu consumo ideal varia conforme o gasto energético individual. 


Além destes, outros itens que dão energia também podem e devem ser incorporados ao dia a dia, compondo uma rotina equilibrada. Confira abaixo o que consumir para ter mais energia e disposição:

  • Água: a água é essencial para a saúde do corpo de forma geral. Quando não há ingestão em quantidade suficiente o organismo pode ficar desidratado, mesmo que de forma leve, dificultando o organismo exercer suas funções.
  • Açaí: a fruta tipicamente brasileira é rica em carboidratos e gorduras insaturadas, fornecendo energia para o organismo. Também é fonte de, antioxidantes e vitaminas B1, B2 e C. 
  • Banana: esta é uma fruta rica em triptofano e potássio. O primeiro é, um aminoácido importante na prevenção de quadros como a depressão e o estresse. Além disso, atua como precursor da serotonina, neurotransmissor que regula o sono e o humor. Já o segundo, quando encontrado em baixos níveis no organismo, desencadeia fadiga e cansaço mental. 
  • Nozes, amêndoas e castanhas: as oleaginosas trazem gorduras insaturadas, “do bem”, e nutrientes como cobre, selênio e magnésio, que reduzem os níveis de estresse do organismo e aumentam a produção de energia. 
  • Chocolate amargo: um pequeno pedaço de chocolate amargo na sobremesa faz muito bem para a saúde. Ele possui um estimulante natural chamado teobromina (parecido com a cafeína), que proporciona melhora no humor e na disposição. Também é um alimento rico em flavonoides, que impactam positivamente na saúde do coração. 
  • Chá verde: rico em cafeína, o chá verde aumenta a disposição. Além disso, estimula a produção de serotonina e dopamina, substâncias que auxiliam no humor e no bem-estar geral. 
  • Gengibre: repleto de nutrientes e antioxidantes benéficos ao corpo, o gengibre também possui propriedades terapêuticas como desintoxicante, bactericida e melhora as funções digestivas, circulatórias e respiratórias.
  • Couve: fontes de vitaminas e minerais, como ferro, que ajuda a prevenir quadros de anemia.
  • Água de coco: rica em potássio, que auxilia na contração muscular e na recuperação do músculo após atividades extenuantes.  Além disso, hidrata o corpo e é muito saborosa. 
  • Guaraná: o pó de guaraná é um poderoso estimulante e energético natural, mas deve ser usado com cautela. Adicionado a sucos e vitaminas ele auxilia na melhora do ânimo e da disposição.

Além destes citados acima, a lista de alimentos energéticos conta com diversos outros itens que podem dar um novo gás ao seu dia a dia. Inclua estes alimentos em um cardápio equilibrado, consciente e que forneça o vigor necessário para sua rotina. Aqui no blog do Vigilantes do Peso você encontra diversas dicas e receitas para incluir na alimentação e no dia a dia.

 

 

ww vigilantesdopeso
Matheus Motta
Nutricionista no Vigilantes do Peso. Com mais de 5 anos de experiência na área atuando em atendimento personalizado, ele é responsável por todo o conteúdo do programa sobre alimentação, saúde e bem-estar.