Atividades Físicas

Alerta na Praia

Pessoas felizes fazem escolhas saudáveis.

Nesse período de sol e calor exagerado, muitas pessoas aproveitam os dias de folga para ficar algumas horas a mais na praia, e isso acaba fazendo com que elas pulem refeições e se alimentem incorretamente.

Você sabe os riscos que a alimentação na praia pode causar? Muito além de prejuízos no seu processo de emagrecimento por conta das opções não saudáveis, a escolha irresponsável dos alimentos na praia pode causar problemas sérios, como intoxicações e infecções alimentares que são conhecidas como DTAs - doenças transmitidas por alimentos.

Saber a procedência dos alimentos e bebidas é a melhor maneira de se prevenir desses riscos, e isso envolve todas as etapas para a produção do produto: desde a escolha dos ingredientes, passando pela produção, pelo armazenamento e pela manipulação, até chegar às suas mãos.

Confira abaixo algumas opções praianas que devem ter a atenção redobrada:

  • Camarão, ostras e frutos do mar. - Risco de deterioração e contaminação por microrganismos.
  • Queijo coalho - Risco de deterioração e contaminação por microrganismos.
  • Sanduíche natural - Risco de deterioração e contaminação por microrganismos.
  • Raspadinha ou sacolé - Risco de contaminação pela água.
  • Cerveja e refrigerantes em lata - Risco de contaminação pela água acumulada na borda da lata ou pelo gelo não filtrado.
  • Salada de frutas - Risco de contaminação por microrganismos (fruta não higienizada/manipulação).
  • Sucos ou mate de galão - Risco de contaminação pela água ou pelo gelo não filtrados.

Por isso, preste sempre muita atenção ao local em que está fazendo o pedido e quem está lhe atendendo, mesmo se forem ambulantes. Observe os materiais utilizados no serviço e os cuidados que têm com a higiene e a manipulação dos alimentos e bebidas. Para evitar transtornos maiores, leve um cooler para conservar opções preparadas em casa, como água, sucos, chás gelados sanduíches e frutas frescas.

Se comprar alimentos na praia for inevitável, prefira os que são embalados e lacrados, como biscoito de polvilho e picolé de frutas. Para as bebidas, prefira também as embaladas e engarrafadas, mas não se esqueça de secar a embalagem antes de abri-la e utilizar um canudo para beber. Se optar pela água de coco, verifique se o coco foi aberto com facão ou machadinha. Esses utensílios, se não forem higienizados corretamente, podem ser um grande veículo para a contaminação de alimentos.

Não deixe que um descuido prejudique o seu verão. Escolhas conscientes e saudáveis ajudam você a aproveitar a estação mais quente do ano sem preocupações e, de quebra, de bem com a balança.

Aproveitem com moderação. Fiquem espertos!